Assembleia Constituinte ameaça oposição com "imposição da justiça"

"Nós, venezuelanos resolveremos os nossos conflitos, as nossas crises, entre venezuelanos, sem nenhum tipo de interferência estrangeira" disse presidente da nova Assembleia Constituinte

A presidente da nova Assembleia Constituinte da Venezuela (AC), Delcy Rodríguez, instou esta sexta-feira a oposição a "tomar o caminho democrático e de ação política" advertindo que caso contrário "se imporá justiça" num país, que "não voltará ao passado".

Na sua intervenção, na sessão inaugural da controversa Assembleia Constituinte, Delcy Rodriguez interpelou a comunidade internacional sobre a posição que tem tido face à AC e instou a "não se enganar com a Venezuela", vincando que são os venezuelanos quem têm de resolver as suas diferenças.

"À comunidade internacional, não se equivoquem com a Venezuela. A mensagem é clara. Nós, venezuelanos resolveremos os nossos conflitos, as nossas crises, entre venezuelanos, sem nenhum tipo de interferência estrangeira, sem nenhum tipo de mandado imperial", disse.

"Aos aliados históricos da direita e da burguesia local, dizemos-lhe ser hora de começarem a ver o povo da Venezuela (...) esta Constituinte se encarregará de fazer-lhes entender de que são feitos os venezuelanos", frisou.

Delcy Rodríguez iniciou a sua intervenção salientando que a chegada da AC se traduz no exercício do poder "soberano e plenipotenciário".

"Chegámos para sarar a Venezuela das feridas da guerra económica. Não haverá mais um instrumento que facilite a agressão multiforme à nossa economia. Estamos no poder e temos o poder para combater a guerra económica", garantiu.

Delcy Rodríguez disse ainda que a primeira sessão da nova AC se realiza sábado, pelas 11:00 locais (16:00 em Lisboa), para a "renovação constitucional e o entendimento nacional".

A eleição da Assembleia, no passado domingo, foi boicotada pela oposição, que a considera ilegítima.

A vaga de contestação contra o governo de Maduro começou em abril passado e desde então mais de 120 pessoas perderam a vida.

Exclusivos