"Angelina Jolie curda" morreu a lutar contra Estado Islâmico

A jovem curda que ficou conhecida por ser parecida com a atriz norte-americana morreu na Síria

Asia Ramazan Antar, conhecida por ser parecida com a atriz norte-americana Angelina Jolie, morreu a combater o Estado Islâmico. A "Angelina Jolie curda", como era chamada, lutava contra o grupo terrorista ao lado da Unidade de Proteção Feminina na Síria, perto da fronteira com a Turquia.

Há quem diga que era mais parecida com a atriz espanhola Penélope Cruz, mas ninguém nega que foi a beleza da "Angelina Jolie" do Curdistão que chamou a atenção para a jovem Asia, que se juntou às forças curdas em 2014.

Com 22 anos, Asia "foi feita mártir na luta contra o Daesh", segundo uma conta do Facebook intitulada "Queremos liberdade para o Curdistão", que anunciou a morte da jovem.

Asia Antar era reconhecida no campo de batalha por ter participado em operações e batalhas chave contra o Estado Islâmico no norte da Síria, segundo o Daily Mail.

A jovem lutava ao lado de mais de 20 mil mulheres na Unidade de Proteção Feminina. Este ramo das forças curdas tem desempenhado um papel crucial nas batalhas contra o Estado Islâmico na fronteira entre a Síria e a Turquia.

Exclusivos