"Anel de fogo". Milhões assistiram a eclipse solar por toda a Ásia

O "anel de fogo", quando a Lua cobre o centro do Sol, foi visível do Médio Oriente às Filipinas. Veja as melhores imagens deste fenómeno natural raro.

Por toda a Ásia houve esta quinta-feira pessoas a olhar para o Sol, e para a Lua. Todos quiseram testemunhar um eclipse solar anular, também conhecido como "anel de fogo", que ocorreu neste dia pós-Natal mas que só foi possível ver na Ásia, na Austrália ou nalguns pontos de África. Em vários países, desde a Arábia Saudita ao Sri Lanka, da Indonésia às Filipinas, o fenómeno natural levou multidões para as ruas. Num eclipse anular, a lua cobre o centro do Sol, ganhando a aparência de um anel brilhante.

Em geral, existem dois eclipses solares todos os anos e ocorrem apenas quando a Terra está completa ou parcialmente na sombra da Lua.

O eclipse solar anterior ocorreu em 2 de julho e foi visível quase exclusivamente na América do Sul . O próximo eclipse solar total será em 14 de dezembro de 2020 e será visível em partes do sul do Chile e Argentina, além do sudoeste da África e da Antártica.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG