Alemanha e França "de acordo" sobre como enfrentar saída do Reino Unido

Merkel e Hollande combinaram por telefone os próximos passos a dar

O presidente da França, François Hollande, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, chegaram hoje a um "acordo completo" sobre como lidar com o resultado do referendo britânico, que optou pela saída da União Europeia.

De acordo com fontes próximas do presidente francês, o acordo foi afirmado hoje durante uma conversa pelo telefone.

A chanceler alemã e o presidente francês também sublinharam a "necessidade de iniciativas a favor da Europa e de agir rapidamente em relação a prioridades concretas".

As discussões sobre o 'brexit' vão continuar na segunda-feira, em Berlim, "de forma a conseguir a maior clareza possível sobre a situação, para não deixar nenhuma incerteza", segundo as mesmas fontes.

François Hollande vai ter um encontro na segunda-feira com Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, antes de se reunir ao fim do dia, em Berlim, com Angela Merkel e Matteo Renzi, chefe do Governo italiano, na véspera do Conselho Europeu, que se realiza na terça-feira e na quarta-feira.

O Reino Unido está a fazer face a exigências constantes dos dirigentes e responsáveis da União Europeia para acelerar o divórcio que David Cameron, primeiro-ministro britânico, quer deixar ao seu sucessor, que vai nomear em outubro, durante o congresso do seu partido.

Martin Schulz, presidente do Parlamento Europeu, exortou hoje Cameron a iniciar o processo de saída da União Europeia a partir de terça-feira, em Bruxelas, mas uma fonte oficial europeia disse à agência France Presse que o político britânico não pensa avançar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG