Alemanha e EUA preocupados com anúncio de Putin sobre novos mísseis

Angela Merkel e Donald Trump conversaram ao telefone e manifestaram preocupação com as recentes declarações de Vladimir Putin

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente norte-americano, Donald Trump, manifestaram hoje preocupação com o anúncio pela Rússia de novos "mísseis invencíveis".

"A chanceler e o Presidente estão preocupados com as recentes declarações do presidente russo, Vladimir Putin, sobre o desenvolvimento de armamento e com as consequências sobre os esforços para o controlo internacional dos sistemas de armamento", lê-se num comunicado da chancelaria alemã, divulgado após uma conversa telefónica mantida na quinta-feira ao final do dia entre Merkel e Trump.

Num discurso pronunciado no parlamento russo, na quinta-feira, Putin apresentou um novo tipo de mísseis de cruzeiro de "alcance ilimitado" ou hipersónicos, mini-submersíveis de propulsão nuclear e uma arma laser "sobre a qual é ainda cedo para revelar pormenores".

Nessa intervenção, Putin passou cerca de uma hora a enumerar as novas armas de tecnologia de ponta das Forças Armadas russas, com recurso a imagens de radar, infografias e vídeos.

Os Estados Unidos reagiram, acusando a Rússia de "violação direta" dos tratados internacionais.

Hoje, o porta-voz da Presidência russa, Dmitri Peskov, negou qualquer intenção de relançar uma corrida ao armamento com os Estados Unidos e rejeitou "as acusações de violar disposições e artigos do Direito internacional sobre desarmamento e controlo de armamento".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG