Adolescente de 13 anos pirateou conta de e-mail do diretor da CIA

A identidade do adolescente não é conhecida, mas este é descrito como um "estudante do secundário drogado"

A conta de e-mail pessoal do diretor da CIA, John Brennan, terá sido alvo de um ataque de um pirata informático de 13 anos. É pelo menos isto que estão a averiguar investigadores federais, depois do adolescente ter contado o seu feito ao jornal New York Post.

A identidade do adolescente não é conhecida, mas este é descrito pelo jornal como um "estudante do secundário drogado" que estava irritado com a política externa dos EUA e quis mostrar o seu apoio à Palestina - o jovem, no entanto, não é muçulmano.

Numa conta de Twitter que foi apagada na segunda-feira era possível encontrar ligações para ficheiros que o jovem dizia ter retirado do correio eletrónico do chefe dos serviços secretos norte-americanos, incluindo contas de e-mail e números de telefone de outros alegados agentes da CIA.

A CIA diz que conhece a situação e que referenciou "a matéria às autoridades apropriadas",mas não confirma se a conta de Brennan foi realmente alvo de um ataque bem sucedido.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG