Trump perde para Obama nas audiências da tomada de posse

A tomada de posse de Donald Trump foi acompanhada por 30 milhões de espectadores nos EUA, uma descida de 18% face aos números alcançados por Obama em 2009.

A tomada de posse de Donald Trump como o 45.º presidente norte-americano, que decorreu esta sexta-feira em Washington, foi acompanhada na televisão por uma média de 30 milhões de espectadores nos EUA, avança a imprensa internacional.

O número, contabilizado a partir dos 12 canais em sinal aberto e por cabo que emitiram, em direto, a cerimónia naquele país, representa uma descida de 18% face à audiência conquistada por Barack Obama na sua tomada de posse, em 2009, de 38 milhões de espectadores.

O recorde, de resto, continua a ser mantido por Ronald Reagan, em 1981, com a sua cerimónia presidencial a reunir quase 42 milhões de pessoas à frente do pequeno ecrã.

Quem não deverá ficar contente com esta descida nas audiências é o próprio Donald Trump, que já mostrou, várias vezes, preocupar-se com questões de rating. Ainda este mês, o novo presidente dos EUA gozou com Arnold Schwarzenegger no Twitter, quando soube que a estreia do ator como novo apresentador de O Aprendiz, que Trump conduziu durante vários anos, ficou aquém dos números alcançados pelo novo líder da Casa Branca.

Exclusivos