SIC Radical aposta em série web para público jovem

Aposta Que Amas é a série juvenil produzida prioritariamente para as plataformas online da SIC Radical

Já começou a nova aposta da SIC destinada ao público juvenil, esquecido desde o final de I Love It, da TVI, a última trama a ser produzida pela televisão portuguesa para essa faixa etária, há sensivelmente dois anos. Aposta Que Amas é uma série de 65 episódios que são primeiramente exibidos online e só depois na antena da SIC Radical.

Produzida pela Wondr, a trama crossmedia protagonizada por jovens talentos como Carolina Loureiro, Sofia Mota e Luís Garcia (que integraram o elenco da série da TVI Morangos com Açúcar) lança um episódio diário, às 10.15, no site do canal de cabo de Carnaxide, com a duração de cinco minutos. Mas conta também com um compacto de todos os episódios da semana, aos sábados, às 11.00, emitido no respetivo canal. Uma estratégia que Gabriela Sobral, diretora de produção da SIC, promete ser a "primeira pedra para um projeto de futuro". "Penso que os jovens estão um pouco órfãos desses produtos e esta é uma estratégia da SIC para colmatar essa falta com um produto que fale diretamente desse público", explica, acrescentando que não considera uma decisão arriscada. "Não estamos a correr muitos riscos porque sabemos que estas faixas etárias estão mais presentes nestas plataformas do que propriamente em horários televisivos de maior consumo. E esta é, de facto, uma tentativa de nos aproximarmos e criarmos conteúdos para eles."

Tendo este fator como premissa, Pedro Boucherie Mendes, diretor dos canais temáticos da SIC, propôs à produtora Wondr um projeto para o público juvenil. Os trabalhos para a criação da trama avançaram rapidamente, com base num "orçamento baixo". "Não o fizemos antes porque isto é muito caro. É preciso montar toda uma estrutura de atores, argumentistas, realizadores, e é preciso um orçamento maior. Neste caso, tivemos a sorte de ter connosco patrocinadores que nos facilitaram um pouco as coisas", explica Pedro Boucherie Mendes.

Marta Gil, atriz que protagonizou, há dez anos, a primeira série online portuguesa, O Diário de Sofia, da RTP, assume agora as funções de produtora e diretora de atores, além de ser uma das criadoras do projeto. "Na altura, a série estava muito à frente do seu tempo. Acho que Aposta Que Amas tem tudo para correr melhor porque as pessoas estão muito mais familiarizadas com o visionamento de séries na internet. Sabem que podem ver a qualquer hora e onde quiserem", destaca a atriz e produtora.

Traição, sedução e cenas ousadas são alguns dos ingredientes desta nova aposta da SIC, que não podia deixar de contar com um vilão, Simão, interpretado por Luís Eusébio. "Tentei dar um cunho pessoal à personagem e procurei algumas inspirações. A pedido da produção, pediram-me para olhar, por exemplo, para o Chuck Bass, da série Gossip Girl", revela o ator.

Se a experiência corresponder às expectativas criadas, Gabriela Sobral promete mais novidades para os jovens. "Se correr bem, faremos uma segunda. E até queremos fazer outras séries. Gostaria muito de ter na antena generalista uma série que retratasse este universo", admite a diretora de produção da SIC.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG