Letterman doa prémios e cenário do 'Late Show' a universidade

O comediante vai oferecer os seus Emmy e outros objetos de carreira à instituição onde se formou

Alguns meses depois de se ter despedido do Late Show, David Letterman decidiu dar melhor uso à sua coleção de objetos de carreira, doando-os à universidade de Ball State, no Indiana, EUA, onde se formou em 1969.

Entre as peças que farão parte do mural "The David Letterman Experience", destacam-se os nove prémios Emmy por ele arrecadados e o cenário do famoso talk show, constituído por vários adereços e mobiliário icónicos.

A novidade foi avançada esta segunda-feira à noite pelo presidente da instituição, Paul Ferguson, pouco antes de o comediante de 68 anos entrar no auditório principal para discursar. Subir a esse palco é, aliás, um hábito que Letterman alimentou ao longo dos anos, tendo até levado, várias vezes, outras celebridades consigo: em 2012, por exemplo, fez-se acompanhar por Oprah Winfrey; em 2011, pela apresentadora Rachel Maddow; e em 2010 pelo fundador do Twitter, Biz Stone.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG