Jornal Sol volta ser publicado ao sábado e Mário Ramires é o novo diretor

As mudanças ocorrem depois de a Newshold ter anunciado que deixaria de ser acionista dos jornais Sol e I

O semanário SOL vai passar a ser publicado ao sábado a partir da próxima semana e terá como novo diretor Mário Ramires, confirma o jornal na edição de hoje.

Segundo um texto publicado na primeira página, o semanário, que atualmente saía à sexta-feira, volta a ser publicado ao sábado, tal como acontecia quando foi fundado, em 2006.

Por outro lado, Mário Ramires passará a ser o diretor do jornal e terá como adjuntos Ana Paula Azevedo (atualmente, subdiretora) e José Cabrita Saraiva.

Os atuais diretores e diretor adjunto, José António Saraiva e José António Lima, respetivamente, passam a ser conselheiros editoriais.

O mesmo texto explica que a revista Tabu deixará de existir e que o SOL passará a distribuir ao sábado o suplemento B.I., que até agora saía com a edição de sábado do jornal i, que passa a ser publicado apenas de segunda a sexta-feira.

A Newshold, que era a dona do Sol e do i, anunciou a 30 de novembro que deixaria de ser acionista dos jornais, tendo como consequência uma reestruturação no grupo que levou ao corte de dois terços dos trabalhadores (mais de 100).

Mário Ramires, que agora assume a direção do SOL, era administrador executivo da Newshold e foi ele quem comunicou a saída da empresa do grupo, num plenário de trabalhadores realizado a 30 de novembro.

A gravação do plenário de trabalhadores foi divulgada integralmente nos 'sites' dos dois jornais, o que motivou uma queixa do Sindicato dos Jornalistas à Entidade Reguladora da Comunicação Social.