Sony pede desculpa por cena polémica do filme "Peter Rabbit"

Em causa está um momento em que os protagonistas dão propositadamente a outra personagem um alimento ao qual esta é alérgica

Já estreou nos cinemas uma nova adaptação da história da personagem ficcional Peter Rabbit, coelho criado em livro pela escritora britânica Beatrix Potter. O filme, no entanto, está a gerar controvérsia, não só pela representação da personagem, mas também por uma cena em particular que envolve uma alergia a um alimento específico.

Numa das cenas, explica o Washington Post, Peter Rabbit e um grupo de coelhos dá uma amora a um "inimigo", Mr. McGregor, que depois aparece a sufocar antes de se conseguir injetar com uma caneta de epinefrina.

Esse momento do filme gerou logo várias respostas negativas de associações e pais de crianças que lidam com alergias a comida, que afirmam que a cena goza e minimiza com uma situação que, na vida real, pode revelar-se fatal. Isto levou à criação de um hashtag que pede o boicote ao filme (#boycottpeterrabbit) e uma petição online que exigia um pedido de desculpas.

No passado domingo, a Sony Pictures pediu desculpa, numa declaração conjunta com os responsáveis pelo filme. Afirmam que "não deviam ter tornado tão ligeiro" o facto de a personagem ter uma alergia a um alimento, mesmo num estilo de "cartoon". "Arrependemo-nos sinceramente de não estar mais cientes e sensíveis em relação ao assunto. Pedimos imensa desculpa", pode ler-se também.

O filme "Peter Rabbit" estreou no passado fim de semana e as críticas têm sido bastante díspares, com algumas pessoas a elogiarem as personagens e o filme, mas outros a defenderem que se afasta em demasia da obra de Beatrix Potter.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Media
Pub
Pub