Os 87 anos da primeira mulher jornalista no horário nobre da TV

Barbara Walters estreou-se há quatro décadas na ABC News. Celebrou este domingo 87 anos de vida. Conheça o percurso de uma das mais prestigiadas (e longevas) jornalistas norte-americanas

Foi a primeira mulher a apresentar um noticiário em horário nobre nos EUA. Foi na ABC News, em 1976. Barbara Walters, que celebrou este domingo 87 anos, abria há 40 o caminho para que outras jornalistas tivessem lugar em frente às câmaras. Acabaria por entrevistar as mais diversas personalidades das mais variadas áreas.

O seu percurso naquela cadeia de TV norte-americana começou como redatora para o programa The Today Show. Já antes havia trabalhado na redação da CBS e na secção nova-iorquina da NBC. Passou depois, a partir de 1994, pelo programa de atualidade informativa 20/20, juntamente com Hugh Downs, e entre 1999 e 2002 conduziu este mesmo formato a solo. Deixou o 20/20 em 2004, mantendo-se na ABC à frente de The View, criado em 1997, com emissão semanal e dedicado ao público feminino.

Aí ficou até há dois anos, quando anunciou a sua saída. "Não vou voltar a fazer uma entrevista todas as semanas", disse na altura. "Mas se o Papa me der uma entrevista, claro que volto". Sobre o seu legado, referiu serem as "mulheres jovens" que fazem do jornalismo a sua vida. "Não havia tantas mulheres jornalistas quando eu comecei".

Fidel Castro em 1977, Anwar Sadat e Menachem Begin (1977), Katharine Hepburn (1981), Michael Jackson (1997), Monica Lewinsky (1999), Hugo Chávez (2007) e Bashar al Asad (2011) são algumas das entrevistas históricas que fez, bem como a todos os presidentes norte-americanos desde Richard Nixon (1969-1974).

.

Exclusivos