Os 10 trailers mais esperados da Comic Con

A convenção que decorreu em San Diego, na Califórnia, apresentou os trailers das séries e filmes mais esperados

A convenção Comic Con terminou este fim-de-semana em San Diego, Califórnia. Pela edição deste ano passaram cerca de 150 mil pessoas e muitos fãs não perderam a oportunidade de se vestir a rigor e exibir o seu talento enquanto cosplayers.

Além do merchandising, das exposições e dos cosplayers, o momento mais aguardado é a divulgação dos novos trailers e anúncios que fizeram a delicia dos presentes, os melhores deste ano podem ser vistos aqui.

"Ready Player One"

O filme, que marca o regresso de Steven Spielberg, transporta-nos até ao ano de 2044. Wade Watts é um adolescente que gosta de escapar do mundo real, cada vez mais sombrio, através de um popular videojogo de interpretação de personagens denominado de Oásis. Quando o seu criador morre, é lançado um vídeo em que o mesmo oferece a sua fortuna como prémio através de uma elaborada caça ao tesouro pelos cantos mais inóspitos do jogo. Wade terá de enfrentar vários jogadores e poderosos inimigos que estarão dispostos a fazer seja o que for tanto dentro como for a do jogo para ganhar o prémio.

"Liga da Justiça"

Motivado pela fé na humanidade que havia recuperado, Bruce Wayne recruta a ajuda da sua nova aliada Diana Prince, de forma a enfrentar um inimigo ainda maior. Juntos, Batman e Mulher Maravilha apressam-se a recrutar uma equipa de meta humanos para salvar o planeta de uma ameaça com proporções catastróficas.

"Westworld"

O parque de atrações futuristas controlado por alta tecnologia regressa com a sua segunda temporada. As instalações contam com robôs androides, cuja aparência humana permite aos visitantes viver qualquer tipo de aventura ou fantasia, sabendo que os robôs não os irão prejudicar.

"Stranger Things"

A série da Netflix está de volta com mais capítulos bizarros, a estrear em outubro. Will Byers e os seus amigos estão de regresso, não deixando de jogar Dungeons and Dragons, um famoso jogo dos anos 80. Tudo voltará a ser ainda mais bizarro quando uma força de outro mundo atormenta a população dos EUA.

"Star Trek: Discovery"

A nova série será repleta de ação, mistério e uma pitada de humor. Será possível descobrir como a guerra entre os Klingons e a Federação teve inicio. Além disso, a Primeira Oficial Michael Burnham, a primeira humana criada em Vulcano, tem a surpresa de ser meia irmã de Spock da série original.

"Thor:Ragnarok"

Desta vez o maior rival de Thor não será o seu irmão Loki mas sim Hela, que o terá como seu prisioneiro. Para Salvar o seu planeta, Thor terá de sobreviver a um perigoso torneio de gladiadores e enfrentar um antigo aliado e companheiro: Hulk.

"Os Vingadores: Guerra Infinita"

O trailer, gravado por um utilizador na sala de projeção, revela o primeiro encontro entre os Guardiões da Galáxia e Thor. Também o aparecimento de Peter Parker criou muita emoção entre os fãs.

"The Vikings"

A série estreia com uma emissão especial de duas horas e arrancará com Ivar a afirmar a sua liderança sobre o Grande Exercito Heathen, enquanto Lagertha surge como a Rainha do Kattegat.

"Jigsaw"

Após sete anos, os Jogos Mortais estão de volta ao cinema com um novo filme, intitulado de Jigsaw. O filme conta com novos jogos macabros e, ao que tudo indica, com a participação do vilão John Kramer.

"Blade Runner 2049"

A muito aguardada sequela do clássico do filme de culto de ficção cientifica realizado por River Scott em 1982 traz de novo Harrison Ford ao papel de Rick Deckard, agora com Ryan Gosling no papel principal.

Ler mais

Premium

Henrique Burnay

Discretamente, sem ninguém ver

Enquanto nos Estados Unidos se discute se o candidato a juiz do Supremo Tribunal de Justiça americano tentou, ou não, há 36 anos abusar, ou mesmo violar, uma colega (quando tinham 17 e 15 anos), para além de tudo o que Kavanauhg pensa, pensou, já disse ou escreveu sobre o que quer que seja, em Portugal ninguém desconfia quem seja, o que pensa ou o que pretende fazer a senhora nomeada procuradora-geral da República, na noite de quinta-feira passada. Enquanto lá se esmiúça, por cá elogia-se (quem elogia) que o primeiro-ministro e o Presidente da República tenham muito discretamente combinado entre si e apanhado toda a gente de surpresa. Aliás, o apanhar toda a gente de surpresa deu, até, direito a que se recordasse como havia aqui genialidade tática. E os jornais que garantiram ter boas fontes a informar que ia ser outra coisa pedem desculpa mas não dizem se enganaram ou foram enganados. A diferença entre lá e cá é monumental.

Premium

Ruy Castro

À falta do Nobel, o Ig Nobel

Uma das frustrações brasileiras históricas é a de que, até hoje, o Brasil não ganhou um Prémio Nobel. Não por falta de quem o merecesse - se fizesse direitinho o seu dever de casa, a Academia Sueca, que distribui o prémio desde 1901, teria descoberto qualidades no nosso Alberto Santos-Dumont, que foi o verdadeiro inventor do avião, em João Guimarães Rosa, autor do romance Grande Sertão: Veredas, escrito num misto de português e sânscrito arcaico, e, naturalmente, no querido Garrincha, nem que tivessem de providenciar uma categoria especial para ele.