Nova versão de Friends "nunca irá acontecer". Saiba porquê

Criadores da "sitcom" explicam que já não faz sentido, 12 anos depois, voltar a juntar os seis amigos

Podem ter-se juntado recentemente (quase todos) para o programa de homenagem ao realizador James Burrows (que será transmitido nos EUA no dia 21), mas uma nova temporada de Friends está fora de questão.

Quem o assegura são os criadores da popular série de comédia protagonizada por Jennifer Aniston, David Schwimmer, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Courteney Cox e Matthew Perry. "Nunca vai acontecer", frisou ao The Hollywood Reporter Marta Kauffman.

"Não vai acontecer, mas ninguém acredita em mim. Nem deve acontecer. A série é sobre a altura da nossa vida em que os amigos são a nossa família. Assim que começas a criar uma família, essa fase da tua vida acabou", acrescentou a responsável.

David Crane, outro dos criadores da série que terminou há 12 anos, depois da décima temporada, concorda: "Terminámos a história da série exatamente como queríamos. Revisitar essas personagens parece-me apenas uma má ideia", disse.

Crane explicou ainda que quem tiver saudades de Rachel, Monica, Phoebe, Ross, Chandler e Joey poderá sempre recorrer às repetições e aos DVD da série.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.

Premium

Rui Pedro Tendinha

O João. Outra vez, o João Salaviza...

Foi neste fim de semana. Um fim de semana em que o cinema português foi notícia e ninguém reparou. Entre ex-presidentes de futebol a serem presos e desmentidos de fake news, parece que a vitória de Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée Nader Messora e João Salaviza, no Festival do Rio, e o anúncio da nomeação de Diamantino, de Daniel Schmidt e Gabriel Abrantes, nos European Film Awards, não deixou o espaço mediático curioso.