Fãs de "American Horror Story" propositadamente "enganados"

Desviar as atenções e não revelar absolutamente nada sobre a próxima temporada da série antológica são os objetivos dos "teasers" promocionais divulgados pelo FX

"Pensamos que seria verdadeiramente divertido manter o mistério. E é isso que estamos a fazer", disse John Landgraf, CEO do canal FX, sobre a próxima temporada de American Horror Story (AHS), a série antológica de Ryan Murphy, durante a Television Critics Association Summer Press Tour.

O responsável explicou que o criador e Stephanie Gibbons, diretora de marketing do canal, fizeram "muitos mais trailers" do que aqueles que vimos, para "hipotéticas temporadas de AHS", e que os mesmos contemplam "diferentes géneros e diferentes lugares". Um deles corresponde à sexta série de episódios, "os outros servem apenas para desorientar".

A opção de manter em segredo o tema da próxima temporada, que se estreia nos EUA a 14 de setembro, é contrária ao que se passou nos últimos cinco anos, já que o FX sempre divulgou antecipadamente as histórias: a primeira nos dias atuais numa casa de família, a segunda num asilo dos anos 1960, a terceira na Nova Orleans em torno de um clã de bruxas, a quarta sobre um espetáculo de aberrações na década de 1950 e a quinta num hotel macabro.

Para já, sabe-se apenas que Lady GaGa, Angela Bassett, Sarah Paulson e Cheyenne Jackson estão confirmados no elenco de atores.

Quanto ao futuro, John Landgraf recordou que "todas as coisas boas têm um fim", mas também admitiu que não será esse, para já, o destino de AHS. Pelo menos "enquanto Ryan continuar a ter ideias originais e o público continuar a querer vê-las". "A genialidade desta série antológica é essa. Só os limites da história ou da nossa imaginação é que podem acabar com ela".

Ler mais