Eurovisão pode voltar a surpreender: bielorrusso quer cantar nu e com dois lobos

Concorrente da Bielorrússia está à espera de autorização da organização para usar animais vivos em palco

A Eurovisão é um espetáculo musical, mas também já habituou os seus fãs a momentos estranhos e únicos. E este ano cabe à Bielorrússia marcar os limites. O seu concorrente, Ivan, quer entrar no palco nu e acompanhado por dois lobos vivos.

Ivan - cujo nome verdadeiro é Alexandr Ivanov - quer cantar Help You Fly em Estocolmo num ambiente que mostra a linha ténue que existe entre humanos e natureza. O problema é que as regras do concurso de canções europeu não permite o uso de animais vivos em palco.

Por enquanto apenas existe a versão vestida e sem animais em palco da música.

O cantor de 24 anos pediu autorização à organização para o fazer mas ainda está à espera de uma resposta. "Não recebemos ainda nenhuma resposta. Mas sim, Sasha vai estar nu em palco e vai haver lobos", referiu o seu produtor Viktor Drobish, citado pelo jornal britânico Metro.

A Bielorrússia participa na segunda semi-final, mas Ivan deve esperar pela final para surpreender o público. As semi-finais estão marcadas para 10 e 12 de maio e a final acontece a 14. Portugal está fora da competição este ano.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.