ERC mantém-se em funcionamento até eleição de novos membros

Presidente da entidade reguladora garantiu normalidade até Parlamento desbloquear nomeações. Mas Ferro Rodrigues não teve resposta para dar

O presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), Carlos Magno, assegurou esta terça-feira que os três membros que restam no Conselho Regulador da ERC vão garantir o seu funcionamento até que a Assembleia da República desbloqueie a nomeação dos novos membros para este conselho.

A garantia foi deixada ao presidente da Assembleia da República?, Ferro Rodrigues, que recebeu em audiência Carlos Magno e Arons de Carvalho, outro dos membros do regulador (só não esteve Luísa Roseira) e repetida aos jornalistas à saída do encontro, no qual Ferro Rodrigues não conseguiu responder quando poderão ser substituídos os três membros do Conselho Regulador, cujo mandato terminou há quatro meses.

Aos jornalistas Carlos Magno recordou que o anterior Conselho Regulador esteve em funções nove meses, para lá do seu mandato, embora nessa altura tenha havido eleições pelo meio. Mas, nesta reunião, o presidente da ERC disse que "está na altura" destes três membros ficarem "a saber quando é que ficam livres".

Sem querer alinhar na pressão ("Não vim aqui para fazer uma fotografia com o senhor presidente da Assembleia da República", disse aos jornalistas), Magno explicou que veio também apresentar a agenda da próxima ERC e "poder contribuir para que as escolhas dos próximos nomes possa ter em conta esta agenda".

Ler mais

Exclusivos