Episódio de "Bombeiro Sam" retirado após polémica

A personagem da série infantil pisa o Alcorão numa cena

A cena nem sequer dura 10 segundos, mas a verdade é que levou a um pedido de desculpas, ao fim de uma ligação contratual e à retirada de um episódio da série infantil Bombeiro Sam da plataforma de streaming do Channel 5, no Reino Unido. Na cena em causa, o protagonista da série - que também passa em Portugal, no canal Panda - escorrega num papel que está no chão e cai, atirando pelo ar as chávenas que levava num tabuleiro e outros papéis que estavam na sala. Num deles, vê-se, garantem os mais atentos, que se trata de um texto do Alcorão. A partir daí começou a polémica.

A série infantil foi acusada de islamofobia e já levou a um pedido de desculpas por parte da produtora Hit Entertainment, que também é responsável pelo sucesso Bob, o Construtor.

"Chegou ao nosso conhecimento que uma página do Alcorão surge brevemente num episódio de Bombeiro Sam. A intenção era que a página mostrasse texto ilegível e lamentamos profundamente", disse a empresa, garantindo que não voltará a trabalhar com o estúdio de animação "responsável pelo erro".

Além disso, a empresa está trabalhar no sentido de retirar o episódio em causa de circulação e a rever os procedimentos de produção de conteúdos para que estas situações não voltem a acontecer.

O episódio em causa é o sétimo da nona temporada, o qual já foi emitido em Portugal pelo Canal Panda, que garante ao DN que não o voltará a emitir.

No Reino Unido, o episódio foi emitido pela primeira vez em outubro de 2014, mas nessa altura ninguém se apercebeu da cena. O episódio estava agora disponível na plataforma de streaming My5 e tinha sido emitido a 28 de junho no programa matinal Milkshake.

Olhares muito atentos repararam que o texto que surgia numa página que voa no ar é do Alcorão e há até quem consiga dizer de que parte do livro sagrado do Islão se trata.

Ler mais