Trump bate o seu próprio recorde no Twitter

4,5 milhões de mensagens partilhadas nesta rede social por causa do discurso do Estado da União

O discurso sobre o Estado da Nação que o presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, fez na terça-feira, no Congresso, tornou-se no mais partilhado da história no Twitter, com 4,5 milhões de mensagens, anunciou hoje a rede social.

Segundo o Twitter, o discurso de Trump teve 4,5 milhões de mensagens com o 'hashtag' "#SOTU", sigla em inglês do nome do discurso ("State of the Union"), e "#JointSession", designação de "sessão conjunta", numa referência à reunião da Câmara dos Representantes e do Senado para ouvir o presidente dos EUA.

Estas 4,5 milhões de mensagens ultrapassaram o recorde anterior, também pertencente a Donald Trump, de três milhões de mensagens, quando discursou, igualmente perante o Congresso, em fevereiro do ano passado, intervenção que não foi considerada discurso do Estado da Nação porque o presidente dos Estados Unidos apenas estava há apenas um mês na Casa Branca.

De acordo com o Twitter, a mensagem mais replicada foi a que continha o 'link' para ver, em direto, o discurso.

Trump é muito ativo nesta rede social que tem usado para transmitir mensagens polémicas ou, como fez na terça-feira, anunciar a sua intervenção perante o congresso.

"Junte-se a mim ao vivo para el #SOTU", disse Trump pouco tempo antes de começar a sua alocação.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.