Concorrente do 'Big Brother' espanhol confirma abuso sexual quando estava inconsciente

Carlota Prado estava alcoolizada e foi agredida sexualmente pelo parceiro em frente às câmaras. Produção denunciou o caso

Carlota Prado, a concorrente que saiu na semana passada da casa do "Big Brother" espanhol ("Gran Hermano" no país), confirmou que foi abusada sexualmente pelo parceiro enquanto estava inconsciente.

A denúncia foi apresentada no sábado passado por um responsável da produção do "Big Brother" espanhol, que deu conta à polícia de uma "relação sexual não consentida entre um homem e uma mulher, atualmente parceiros, dentro de um dos quartos onde se desenvolve o programa", detalhando que a mulher estava bastante alcoolizada e que o homem se tapou a ele e à mulher com um edredão, pelo que não foi possível ver o que acontecia com exatidão apesar de haver imagens do momento.

O homem foi imediatamente expulso do programa e a alegada vítima foi então aconselhada pelos psicólogos que acompanham o formato a sair temporariamente. Carlota Prado decidiu regressar à casa do "Big Brother" na quinta-feira e falou sobre o sucedido. Citada pela imprensa espanhola, a jovem agradeceu à produção "o cuidado e a ajuda por estes dias" e, visivelmente afetada, explicou que está de acordo com a decisão do programa de expulsar o concorrente José María, porque "ocorreu um feito grave e desagradável contra a minha pessoa estando eu inconsciente".

Para já, a concorrente revelou que não vai avançar na justiça contra o ex-namorado, tendo acrescentado que o vínculo emocional que os unia terminou.

Sobre a decisão de regressar à TV, Carlota disse: "Não sei como vai ser esta segunda etapa aqui na casa, mas eu pedi um sonho e foi-me concedido, sei que só acontece uma vez na vida. O meu ADN não me permite renunciar", justificou.

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Media
Pub
Pub