Audiência e redes sociais: os números dos Óscares 2017

A Forbes adianta que tanto nas audiências como nas referências nas redes sociais, a edição dos Óscares 2017 ficou aquém da do ano passado

Conhecidos que estão os principais vencedores e vencidos dos Óscares, os melhores e piores visuais na passadeira vermelha, os momentos mais virais e a polémica troca de envelopes quando chegou a altura de anunciar o Melhor Filme, resta analisar os números da mais importante cerimónia de entrega de prémios do mundo do cinema.

A revista Forbes adianta que a gala de 2017 foi acompanhada por uma média de 32,9 milhões de espectadores nos EUA, no canal ABC, o que representa não só uma descida de 4% face ao ano passado, e de 8% em relação a 2015, como também a pior audiência dos Óscares nos últimos nove anos, desde a edição de 2008.

Nas redes sociais, a mesma publicação adianta que a cerimónia recebeu no Twitter, através da hashtag #Oscars, mais de 14,7 milhões de referências, entre as 17.30 e a 01.00, hora em Los Angeles, deste domingo. Uma descida face aos 24,2 milhões de tweets durante o mesmo período em 2016.

O momento mais viral da noite nas redes sociais, como já seria de esperar, foi a troca de envelopes que levou La La Land a ser anunciado, incorretamente, como o Melhor Filme, prémio que foi ganho por Moonlight. Só esta gafe recebeu mais de um milhão de referências no Twitter em todo o mundo.

No que toca à publicidade, os Óscares são a segunda noite televisiva mais cara do ano para os anunciantes, apenas atrás da Super Bowl. Os números da edição de 2017 ainda não são conhecidos mas a Forbes adianta que, em 2016, a cerimónia de entrega de prémios gerou ao canal ABC qualquer coisa como 108 milhões de euros de lucro com a publicidade nos seus intervalos.

Ler mais

Exclusivos