Elon Musk afirma que terminaria com o bloqueio do Twitter a Trump

Anúncio caso a compra da rede social pelo multimilionário dono da Tesla sempre avance.

O empresário Elon Musk afirmou esta terça-feira que terminaria com o bloqueio do Twitter ao ex-presidente dos EUA, Donald Trump, caso a sua compra desta rede social avance.

"Eu reverteria o bloqueio", afirmou o multimilionário numa conferência do Financial Times, sublinhando no entanto que ainda não é proprietário do Twitter, pelo que "esta não é uma coisa que irá necessariamente acontecer".

O negócio proposto pelo patrão da Tesla de adquirir aquela rede social por 44 mil milhões de dólares ainda terá de ser aprovado pelos acionistas e pelos reguladores, mas ele tem anunciado ideias de menos moderação de conteúdos naquela plataforma.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG