Ao serviço do Ecojornalismo

Esta quarta-feira e atendendo à aproximação da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, além da realização do workshop "Faz a tua 1ª página", os participantes desenvolveram notícias no âmbito da Ecologia, em mais uma sessão do Media Lab.

Os alunos do 7.º ano da Escola Secundária Alves Redol foram os protagonistas da sessão da manhã.

Como tem acontecido em outras sessões, os mais pequenos selecionaram as notícias presentes na plataforma online do DN, de modo a construirem a sua página. As editorias consultadas - Portugal, Desporto, Economia e Política, ganharam corpo no destaque fotográfico e nas manchetes criadas pelos alunos.

Após a visualização do filme "Histórias do DN" foi realizada uma sessão de esclarecimentos acerca do universo da Internet e dos aspetos essenciais de uma notícia.

Segundo António Nunes, professor de História, "os acontecimentos do século XX presentes nas imagens de arquivo que o DN disponibiliza, além da importância histórica, são também instrutivas para os alunos".

A sessão realizada no horário da tarde abriu portas aos alunos do curso técnico de Comunicação, Relações Públicas, Publicidade e Marketing da ETAD (Escola de Artes, Tecnologias e Desporto).

A ETAD foi pelo segundo ano consecutivo distinguida com o galardão Eco-Escolas - Bandeira Verde. O programa é coordenado pela Associação Bandeira Azul e pretende garantir que os mais novos se envolvem na construção de uma escola mais sustentável.

Com o objetivo de consciencializar os seus alunos para a questão ambiental e para a necessidade de reciclar, Catarina Gouveia, docente da disciplina de Comunicação, propôs aos seus alunos a realização de uma primeira página dedicada à Ecologia.

"Uma vez que vencemos o prémio Bandeira Verde, considerámos que seria excelente para os alunos aproveitar os conhecimentos na área da comunicação para a escrita de peças sobre ecologia", garantiu Catarina Gouveia.

O desafio foi aceite pelos alunos que, através do site do Diário de Notícias, pesquisaram e selecionaram peças informativas - atuais ou não - sobre resíduos urbanos, reciclagem, energias renováveis, entre outros.

As notícias sobre desastres ecológicos, resíduos urbanos ou outros assuntos ambientais têm ocupado gradualmente um maior espaço na esfera mediática.

O discurso jornalístico pode atuar de forma educativa, alterando paradigmas e atitudes sociais. A responsabilidade social dos media serve de ponto de partida para a adoção por parte dos cidadãos de atitudes e práticas em termos sociais, económicos ou culturais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG