Santa Clara quer iniciar segunda volta com vitória frente ao Marítimo

O treinador do Santa Clara disse hoje querer iniciar a segunda volta da I Liga de futebol com uma vitória frente ao Marítimo, no sábado, e desforrar-se da derrota por 1-0 sofrida frente aos madeirenses no primeiro embate.

"[Pretendemos] Fazer melhor do que fizemos na primeira volta contra este mesmo adversário. Perdemos, portanto, é conquistar um ponto e, de preferência, ganhar", afirmou João Henriques, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo entre os dois clubes, da 18ª jornada da prova.

O Santa Clara, que não vence em casa desde 05 de outubro, está, segundo João Henriques, "consciente" das qualidades da equipa orientada por Petit.

"Vai começar um novo campeonato. Fizemos um campeonato de 17 jogos, ficámos em nono lugar, fizemos 21 pontos e o nosso compromisso para esta segunda volta é igualar ou fazer melhor do que a primeira. É um compromisso ambicioso que colocámos dentro do balneário, mas é um compromisso que sabemos que é possível alcançar", disse.

Na conferência de imprensa de hoje, João Henriques voltou a insistir na "falta de condições" dos campos utilizados pela formação de Ponta Delgada, referindo que existe "falta de sensibilidade" de quem faz a gestão dos campos na ilha de São Miguel.

"As pessoas, às vezes, não têm noção do que é preciso para uma equipa de alto rendimento. Eu, felizmente, posso dizer que passei pelo distrital, terceiras divisões antigas, segundas divisões nacionais, segunda liga e agora primeira liga e são, provavelmente, as piores condições de trabalho que tive durante 22 anos de trabalho", denunciou.

Quanto a novas aquisições para o plantel, o técnico da equipa de Ponta Delgada não descartou novas contratações, sendo que, por enquanto, as entradas dos avançados Pablo Lima e Guilherme e do médio Lucas Marques colmataram as saídas de Arroyo, Erik e Fernando.

"Queremos ver se no mercado aparece alguma situação que seja útil para a equipa neste momento, tendo em consideração a janela de mercado, que permite saídas e nós temos de estar atentos a isso mesmo, não podemos fechar o número de inscrições sem antes perceber se o mercado leva algum jogador ainda ou não", disse.

João Henriques não vai poder contar com os castigados Patrick Vieira e Fábio Cardoso, os lesionados Marco e Thiago Santana e com Rashid que continua ao serviço da seleção do Iraque, mas já poderá contar com Lucas Marques, uma vez que já foi inscrito.

Exclusivos