PSI20 cai 1,74% em sessão negativa para bolsas europeias

O principal índice da bolsa de Lisboa, PSI20, encerrou a sessão de hoje com uma queda de 1,74% para 5.513,04 pontos, a segunda descida mais acentuada na Europa, após a bolsa de Milão.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 13 recuaram, quatro subiram e uma permaneceu sem alterações. A F. Ramada liderou as descidas e baixou 17,74% para 10,20 euros.

Nas principais descidas ficaram ainda a Sonae Capital, que caiu 7,75% para 0,92 euros, a Sonae SGPS, que tombou 4,95% para 1,05 euros, a Galp, que recuou 3,44% para 15,60 euros, e o BCP, que baixou 3,34% para 0,26 euros.

A Altri registou uma desvalorização de 2,99% para 7,45 euros.

Com descidas abaixo de 2% terminaram a Pharol (0,26 euros), a Jerónimo Martins (13,79 euros), a EDP (3,37 euros), a EDP Renováveis (8,02 euros), os CTT (2,83 euros), a Navigator (5,32 euros) e a REN (2,40 euros).

Nas subidas, a Ibersol avançou 1,35% para 11,30 euros, a Corticeira Amorim ganhou 1,03% para 11,78 euros, a Semapa somou 0,70% para 21,50 euros e a Nos obteve mais 0,21% e ficou em 4,71 euros. A Mota-Engil ficou inalterada em 3,38 euros.

Na Europa, destaque para a descida de 2,08% na bolsa de Milão, pressionada pelo setor financeiro, numa altura em que o país vive uma crise política e se prepara para eleições antecipadas após as legislativas de março, que deram origem a um parlamento maioritariamente populista e antissistema.

Madrid perdeu 0,63%, Paris 0,61% e Frankfurt cedeu 0,58%. A bolsa de Londres esteve encerrada por ser feriado no Reino Unido e o mesmo aconteceu nos Estados Unidos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG