PR apresenta condolências a famílias de vítimas de atropelamento na Terceira

Angra do Heroísmo, Açores, 16 mai 2019 (Lusa) -- O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Representante da República para os Açores, Pedro Catarino, apresentaram condolências às famílias das vítimas mortais de um atropelamento ocorrido na terça-feira nas Quatro Ribeiras, na ilha Terceira.

"Marcelo Rebelo de Sousa e Pedro Catarino apresentaram condolências às famílias das vítimas mortais do atropelamento ocorrido na procissão das Quatro Ribeiras no passado dia 14 de maio através do chefe de gabinete e do adjunto principal do gabinete do Representante da República para a Região Autónoma dos Açores, que estiveram presentes nas cerimónias fúnebres", adiantou hoje o gabinete, em comunicado de imprensa.

Uma procissão de velas, em homenagem a Nossa Senhora de Fátima, dirigia-se à igreja, por volta das 20:30 (hora local, mais uma em Lisboa), desta terça-feira, na freguesia das Quatro Ribeiras, no concelho da Praia da Vitória, quando um carro atropelou as pessoas que seguiam mais atrás, provocando duas vítimas mortais, quatro feridos graves e nove feridos ligeiros.

As vítimas mortais eram do sexo feminino e tinham 68 e 84 anos.

Os quatro feridos graves continuam internados no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, mas em situação "estável".

A PSP disse à Lusa que o condutor não apresentou álcool ou estupefacientes nos testes realizados

"O condutor tem 32 anos e dos testes realizados não houve deteção de álcool ou estupefacientes", afirmou fonte da Direção Nacional da PSP, adiantando que o homem conduzia uma viatura ligeira de mercadorias.

O homem terá dito no local que terá sido encadeado pela luz do sol.

Também o bispo de Angra, o presidente do Governo Regional e o líder do PSD/Açores já tinham apresentado condolências às famílias das vítimas.

Exclusivos