PJ ajuda polícia espanhola a intercetar barco com 1.500 quilos de cocaína

Lisboa, 22 mai 2019 (Lusa) -- A polícia espanhola, em colaboração com a Polícia Judiciária, deteve cinco pessoas e intercetou um barco de pesca com 1.500 quilos de cocaína, em águas internacionais junto das ilhas Canárias.

Um comunicado da Polícia espanhola adianta que o barco partiu do Brasil em direção a Espanha e a droga tinha como destino o mercado europeu.

Segundo a polícia espanhola, a investigação teve início em janeiro quando as autoridades receberam a informação de que havia uma organização sul-americana de traficantes, localizada em Espanha, que se preparava para receber uma significativa quantidade de cocaína.

Quando o barco foi intercetado estavam sete pessoas a bordo, que foram detidas, e descobertos 50 sacos com 30 quilogramas de cocaína cada um.

A operação de interceção da embarcação contou ainda com a colaboração das autoridades britânicas, francesas e com a polícia federal do Brasil.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.