Ordem dos Advogados recupera 510 mil euros de quotas em atraso

A Ordem dos Advogados conseguiu arrecadar 510 mil euros durante o período de recuperação extraordinária de quotas em atraso, que terminou no dia 30 de junho.

No balanço de seis meses de iniciativas do Conselho Geral da AO, é indicado que "a regularização extraordinária permitiu já alcançar resultado global de 510 mil euros e cerca de mil propostas de regularização, que redundaram já na negociação de 145 acordos".

No global destas propostas de pagamento voluntário de quotas, a Ordem espera receber mais cerca de 413 mil euros de quotizações, havendo ainda a expectativa de melhorar significativamente estes números "com o universo de mais de 800 propostas que ainda estão a ser objeto de negociação".

No balanço dos seis meses de atividade, o Conselho Geral da Ordem dos Advogados destaca a criação do Gabinete de Política Legislativa, as relações institucionais, que permitiram o posicionamento de temas como as custas judiciais, processo de inventário e a organização judiciária.

Exclusivos