Moçambique segue "bom caminho" para atrair investimento externo - CPLP

Maputo, 20 jun 2019 (Lusa) - O secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Francisco Ribeiro Telles, disse hoje, em Moçambique, que este país segue um "bom caminho" para atrair investimento externo.

Moçambique "está num bom caminho" no sentido de procurar apoios internacionais para desenvolver o país, afirmou, em declarações à agência Lusa, à margem da cimeira EUA-África, que decorre em Maputo.

"Cada vez mais o setor privado vai ter um papel relevante nas economias africanas e Moçambique é pioneiro nessa matéria", acrescentou Ribeiro Telles.

O líder da CPLP participa na cimeira que se realiza até sexta-feira na capital moçambicana, encontro que aponta como sinal dessa primazia dada ao empresariado.

"Este recente contrato que Moçambique estabeleceu com os EUA de exploração de gás é importante para o futuro de Moçambique e, sobretudo, dá um sinal relevante para o setor privado", acrescentou o secretário executivo da CPLP à Lusa, numa alusão ao contrato celebrado com um consócio liderado pela petrolífera Anadarko.

O investimento formalizado na terça-feira, em Maputo, está avaliado em 25 mil milhões de dólares para extração, liquefação e exportação de gás natural a partir de 2024.

Esta foi a primeira visita oficial a Moçambique de Ribeiro Telles como líder da CPLP, que foi hoje recebido pelo Presidente moçambicano, Filipe Nyusi.

Além da agenda da comunidade, no encontro foi abordado "o interesse crescente que a CPLP está a despertar na cena internacional", tendo em conta que há a organização conta hoje com "17 países associados", quando há três anos tinha apenas três "e isso é revelador", concluiu Ribeiro Telles.

Exclusivos