Ministro do Ambiente agradece "relevantes sucessos" do seu secretário de Estado demissionário

O ministro João Pedro Matos Fernandes elogiou os "relevantes sucessos" alcançados pelo seu secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, que se demitiu hoje na sequência da nomeação de um primo para o seu gabinete.

Numa nota enviada às redações, depois de ser conhecida a demissão, o ministro do Ambiente e da Transição Energética agradece o "empenho profissional e político" de Carlos Martins e destaca o trabalho por ele desenvolvido ao longo de mais de três anos em funções.

"De entre estes, devem destacar-se o processo de fusão dos sistemas municipais de gestão de águas, os novos planos de gestão de recursos hídricos, a condução do processo de adaptação do território às alterações climáticas e uma nova política de gestão para os resíduos sólidos urbanos, fundada nos princípios da economia circular", escreve.

Matos Fernandes sublinha que, "no contexto das políticas do Ministério, a ação generosa e esclarecida do Carlos Martins foi de importância capital", referindo que deixa um legado de futuro que o Governo irá "continuar, desenvolver e aprofundar".

Carlos Martins pediu hoje a demissão do cargo de secretário de Estado do Ambiente, que foi aceite pelo ministro e pelo primeiro-ministro, anunciou o Governo.

O secretário de Estado do Ambiente sai do Governo depois de ter sido noticiado, na quarta-feira, que nomeou o primo Armindo Alves para adjunto do gabinete.

Armindo Alves já se tinha demitido na quarta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG