Migrações: Alemanha recebeu mais de 120.000 refugiados desde o princípio do ano

A Alemanha recebeu nos oito primeiros meses do ano 123.878 refugiados, na maioria provenientes da Síria e do Iraque, e processou 480.737 pedidos de asilo, anunciou hoje o Ministério do Interior alemão.

Dos refugiados que chegaram ao país entre janeiro e agosto, 31.383 eram provenientes da Síria, 13.385 do Iraque, 8.503 do Afeganistão e 6.815 da Eritreia, precisou em comunicado.

Quanto ao número de pedidos processados, que inclui pedidos apresentados em anos anteriores, representa cerca de menos 20% que no mesmo período do ano passado. O tempo médio de tramitação é atualmente de dois meses.

Dos 480.737 processos concluídos, 100.341 (20,8%) foram aceites e 186.082 (38,7%) recusados, ficando os restantes em diferentes regimes de proteção menos abrangentes que o estatuto de refugiado.

A Alemanha recebeu quase um milhão de refugiados em 2015, no pico da crise migratória, número que caiu para cerca de um terço em 2016, com 280.000 chegadas, e que deverá reduzir-se ainda mais em 2017.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras