Wall Street segue em alta com dados da produção industrial

A bolsa de Nova Iorque iniciou hoje a sessão a subir, depois de a Reserva Federal ter anunciado um aumento de 0,4% da produção industrial em agosto nos Estados Unidos.

Às 14:51 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones subia 0,14% para 26.183,10 pontos e o Nasdaq avançava 0,17% para 8.027,10 pontos.

O índice alargado S&P 500 registava uma ligeira variação positiva de 0,05% e estava em 2.905,50 pontos.

O aumento da produção industrial norte-americana foi impulsionado essencialmente pelo setor automóvel, referiu o banco central.

Já as vendas a retalho registaram apenas uma subida de 0,1% em agosto, com os consumidores a abrandarem nos gastos, depois de um mês de julho forte em compras, indicou o Departamento do Comércio norte-americano.

Na quinta-feira, a bolsa nova-iorquina encerrou em alta. O Dow Jones subiu 0,57% e o Nasdaq 0,75%.

Os índices bolsistas beneficiaram da subida modesta dos preços no consumidor em agosto de 0,2% em relação ao mês anterior.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).