Voo entre Díli e Kupang previsto para sexta-feira apesar de atraso burocrático

A companhia aérea timorense Air Timor e a indonésia Trasnusa continuam a prever realizar na sexta-feira o primeiro voo entre as duas capitais da ilha de Timor, Díli e Kupang, apesar de um atraso burocrático, segundo responsáveis.

O responsável da Air Timor Syed Abdul Rahman disse à Lusa que houve um atraso na emissão de um último documento necessário para o voo, devido aos feriados do período do fim do Ramadão na Indonésia.

"Contamos ter isso resolvido em breve e continuamos a planear ter o voo inaugural a 14 de junho", referiu, explicando que a falta desse documento, essencial, não permite ainda abrir a marcação de bilhetes.

No primeiro mês de operação haverá viagens a um preço promocional de 45 dólares (40 euros) por trajeto. O preço passará depois a um custo médio de entre 80 e 100 dólares (entre 71 e 88,6 euros), com duas viagens previstas por semana, numa primeira fase, às segundas e às sextas.

Transnusa, marca do grupo indonésio PT TransNusa Aviation Mandiri, é uma companhia área indonésia que opera no leste do país, em particular nas zonas de Nusa Tenggara e Sulawesi e que tem como base o aeroporto El Tari, em Kupang, capital da metade indonésia da ilha de Timor.

A empresa foi lançada em 2005 e mantém ligações a partir de Kupang para vários destinos, inicialmente com aviões charter da Pelita Air e da Trigana Air, e desde 2011 com o seu próprio Certificado de Operador Aéreo (AOC).

A empresa tem atualmente uma frota de dez aparelhos.

 

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.