Vieira Monteiro passa a 'chairman' do Santander e é substituído por Castro Almeida

António Vieira Monteiro será presidente do Conselho de Administração ('chairman') do Santander Totta, deixando a presidência executiva do banco, cargo que será ocupado por Pedro Castro Almeida, confirmou à agência Lusa fonte oficial do banco.

Vieira Monteiro passa a 'chairman' do banco depois de sete anos como presidente executivo, e Pedro Castro Almeida, atualmente administrador, assumirá a presidência executiva, após 'luz verde' dos reguladores que têm ser ouvidos no processo.

De acordo com a mesma fonte, esta alteração deverá concretizar-se no início de 2019, e até ao final do ano, será convocada uma assembleia-geral de acionistas para ratificar esta decisão do grupo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.