Vendas de grossistas de produtos alimentares para hotelaria crescem 3,3% em 2018

As vendas das empresas grossistas de produtos alimentares para a hotelaria em Portugal cresceram 3,3% em 2018, para 1.265 milhões de euros, face ao ano anterior, refere um estudo da Informa D&B hoje divulgado.

De acordo com o estudo sobre o setor Grossista de Produtos Alimentares para Hotelaria, que excluiu as vendas ao canal alimentação, a "tendência prolongada" de crescimento observada ao nível do volume de negócios nos dois anos anteriores, nos quais se registaram taxas de 4% e 4,7%, respetivamente, permitiu que o valor de mercado tivesse um acréscimo em 140 milhões de euros entre 2015 e 2018.

Em linha com o crescimento da faturação, a rentabilidade "melhorou ligeiramente" em 2017, apesar da "intensa concorrência em preço", indica o estudo.

O conjunto das 34 principais empresas deste setor apresentou uma margem EBITDA (lucros antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) de 3,5% em 2017, duas décimas acima do ano anterior.

Em 2017, estavam registadas 9.063 empresas na atividade grossista de comercialização de produtos de alimentação para a hotelaria, um valor "ligeiramente superior" ao contabilizado no final do ano precedente.