Vagas de emprego sobem na zona euro e UE no 3.º trimestre, Portugal com 4.ª menor taxa

A taxa de vagas de emprego fixou-se, no terceiro trimestre, nos 2,1% na zona euro e 2,2% na União Europeia (UE), com Portugal a apresentar a quarta menor (1,0%), segundo o Eurostat.

Na zona euro, a taxa de vagas de emprego subiu face aos 1,9% do terceiro trimestre de 2017, tendo-se mantido estável na comparação com o período entre abril e junho.

Na UE, o indicador também avançou face aos 2,0% do período homólogo e manteve-se estável na comparação com o trimestre anterior.

A República Checa (5,9%), a Bélgica (3,6%), a Alemanha, a Holanda e a Áustria (3,0% cada) apresentaram as mais altas taxas de vagas de emprego entre julho e setembro e a Grécia (0,6%), Espanha (0,8%), Bulgária (0,9%) e Portugal (1,0%) as mais baixas.

Em Portugal, as vagas de emprego subiram quer na comparação homóloga, quer face ao trimestre anterior (0,9% em ambos).

Ler mais

Exclusivos