Trump assina decreto para penalizar interferências estrangeiras nas eleições

O Presidente norte-americano, Donald Trump, assinou hoje um decreto para penalizar interferências externas nas eleições nos Estados Unidos, anunciou em conferência de imprensa John Bolton, conselheiro para a segurança nacional.

Com a aproximação das eleições parlamentares de novembro "observámos sinais, não apenas da Rússia, mas também da China, e das prováveis capacidades do Irão e mesmo da Coreia do Norte", disse o diretor dos serviços de informações norte-americano, Dan Coats.

O decreto solicita às agências de informações que determinem se existiram tentativas de influenciar as eleições para o Congresso, como nas eleições presidenciais de 2016.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.