Três feridos em incêndio nas instalações do clube brasileiro Bangú

Um incêndio nas instalações do clube brasileiro Bangú, no Rio de Janeiro, causou hoje pelo menos três feridos, dois deles futebolistas, após ter deflagrado num quarto de descanso para os atletas.

Segundo a imprensa local, o incêndio começou pelas 15:00 locais (17:00 em Lisboa) depois do treino da equipa, que milita no quarto escalão do futebol brasileiro, no complexo da Comissão de Desportos da Aeronáutica, na zona oeste do Rio.

A identidade dos feridos, dois futebolistas e um soldado, não foi divulgada, sendo que a assessoria de imprensa do clube brasileiro admite que dois dos três possam ter alta médica ainda hoje, sendo que o terceiro, um dos futebolistas, está numa unidade de cuidados intensivos depois de inalar demasiado fumo.

A Aeronáutica está a investigar as causas do incêndio, o segundo em menos de uma semana nas instalações de um clube do Rio de Janeiro, depois de na última quinta-feira o centro de treinos do Flamengo ter sido afetado por um outro, que custou a vida a 10 jogadores da formação, com idades entre os 14 e os 16 anos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.