Tenista Novak Djokovic eliminado por Bautista nos 'oitavos' de Miami

O tenista sérvio Novak Djokovic, líder do 'ranking' mundial, foi hoje eliminado na primeira ronda do Masters 1.000 de Miami, ao perder com o espanhol Roberto Bautista-Agut, 25.º.

Djokovic, que já tinha caído prematuramente em Indian Wells, então nos 16avos de final, face aos alemão Philip Kohlschreiber, perdeu em três 'sets', pelos parciais d 1-6, 7-5 e 6-3, num embate que durou duas horas e 29 minutos.

O sérvio venceu os três últimos títulos do 'Grand slam', em 2018 em Wimbledon e nos Estados Unidos e em 2019 na Austrália.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.