Tempestade tropical Max ganha força ao aproximar-se do estado mexicano de Guerrero

A tempestade tropical Max, localizada a sul da costa do estado mexicano de Guerrero, no oceano Pacífico, tem vindo a ganhar força, informou na quarta-feira à noite o Serviço Meteorológico Nacional (SNM) do México.

Max, que se formou na quarta-feira no Pacífico, tem causado chuvas intensas a torrenciais, ventos fortes e elevada ondulação em Michoacán, Guerrero e Oaxaca, indicou o SMN no boletim das 22:15 (04:15 em Lisboa).

A tempestade encontra-se a 155 quilómetros a sudeste de Zihuatanejo e a 145 de Acapulco, Guerrero, movendo-se a uma velocidade de seis quilómetros horários em direção a nordeste, com ventos sustentados de 95 quilómetros por hora e rajadas de até 110.

O SMN, que mantém uma zona de vigilância para Guerrero, prevê a ocorrência de chuvas intensas e pontualmente torrenciais (de 150 a 250 milímetros) na costa central de Guerrero, esperando rajadas de vento superiores a 80 quilómetros por hora nesse estado.

Segundo as previsões, a tempestade tropical Max deve tocar terra hoje e pelas 19:00 (01:00 de sexta-feira em Lisboa) deve estar a 65 quilómetros a leste da estância balnear de Acapulco.

Max é o 13.º ciclone tropical da atual temporada de furacões a formar-se em águas do Pacífico.

O último, o Lidia, que atingiu a península da Baixa Califórnia no início do mês, fez sete mortos, provocou inundações e danos em infraestruturas.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

Pub
Pub