Substituição de 7.000 luminárias permite poupança de 437.000 euros anuais na Feira

A substituição de 7.000 luminárias em Santa Maria da Feira até ao próximo mês de agosto vai permitir uma poupança superior a 437.000 euros anuais, anunciou hoje a autarquia, que para esse efeito investirá 1,1 milhões de euros.

Com financiamento europeu na ordem dos 95%, a substituição em curso desde dezembro de 2018 visa garantir maior eficiência energética na iluminação pública e já permitiu trocar cerca de 1.500 pontos de luz do concelho.

"O concelho tem 44.000 luminárias e nós já tínhamos substituído umas 8.000, pelo que, juntando-lhes agora mais estas 7.000, já mudámos 35% da rede", diz à Lusa o presidente da Câmara, Emídio Sousa.

A meta seguinte é "procurar que todas as lâmpadas sejam trocadas por tecnologia LED até final do presente mandato autárquico".

Segundo outra fonte da autarquia, a atual requalificação da rede de iluminação pública da Feira envolve a troca de luminárias obsoletas por outras mais eficientes e "permitirá ao Município uma redução substancial do consumo e uma poupança que pode ultrapassar os 50%".

No seu formato anterior, a rede em causa representava um consumo anual de 675.039 euros.

Uma vez concluída a operação em curso, as estimativas da Câmara apontam para uma poupança que será de 437.815 euros a cada 12 meses, o que diminuirá a fatura energética do concelho para 238.023 euros.

No global, a troca de luminárias viabilizará assim um consumo de energia 64,8% inferior ao que se observava antes do arranque da operação, o que também significa que o investimento municipal para o efeito será recuperado em cerca de ano e meio.

A intervenção em curso pretende assegurar a transição da rede de iluminação pública local para um formato "com baixas emissões de carbono, em consonância com as metas do programa Norte 2020", sendo que a substituição das lâmpadas poderá verificar-se em diferentes fases numa mesma zona do território.

"O objetivo central passa pela substituição integral das luminárias afetas a cada posto de transformação, o que pode explicar que uma rua não seja completamente coberta pela intervenção" se essa artéria for servida por mais do que um posto transformador, explica a Câmara.

Desde dezembro, já foram substituídas luminárias nas localidades da Feira, Espargo, Travanca, Sanfins, Escapães, Fornos, Mosteirô, Souto, Arrifana, Milheirós de Poiares e Romariz. Atualmente, os técnicos responsáveis pela operação estão a intervir em Argoncilhe, após o que passarão ao restante território do concelho - cuja superfície ronda os 213 quilómetros quadrados.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A Europa, da gasolina lusa ao palhaço ucraniano

Estamos assim, perdidos algures entre as urnas eleitorais e o comando da televisão. As urnas estão mortas e o nosso comando não é nenhum. Mas, ao menos, em advogado de Maserati que conduz sindicalistas podíamos não ver matéria de gente rija como cornos. Matéria perigosa, sim. Em Portugal como mais a leste. Segue o relato longínquo para vermos perto.Ontem, defrontaram-se os dois candidatos a presidir a Ucrânia. Não é assunto irrelevante apesar de vivermos no outro extremo da Europa. Afinal, num canto ainda mais a leste daquele país há uma guerra civil meio instigada pelos russos - e hoje sabemos, como não sabíamos ainda há pouco, que as guerras de anteontem podem voltar.