SEF deteta em Beja três homens estrangeiros em situação irregular em Portugal

Três homens estrangeiros foram detetados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) em situação irregular em Portugal e notificados para abandono voluntário do país, numa ação de fiscalização realizada em Beja, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o SEF revelou que, além destes "três cidadãos estrangeiros" detetados em situação irregular, na cidade de Beja, foram ainda apurados "indícios da prática de duas contraordenações por parte de duas entidades exploradoras de estabelecimentos comerciais".

Contactada pela agência Lusa, fonte do SEF adiantou que as três pessoas em situação irregular notificadas para abandono voluntário do país "são todos homens", com idades entre "os 21 e os 39 anos", mas escusou-se a divulgar pormenores sobre os dois estabelecimentos comerciais alvo de contraordenações.

A operação do SEF foi realizada nos últimos três dias e abrangeu um total de "21 ações de fiscalização em estabelecimentos comerciais em Beja".

Segundo o SEF, o objetivo passou por "controlar e fiscalizar a permanência e atividades dos cidadãos estrangeiros na zona urbana desta cidade".

De um total de 40 cidadãos estrangeiros identificados, resultaram as três notificações para abandono voluntário do país e as duas contraordenações.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.