Santa Clara empresta Sountoura e Batatinha rescinde

Os futebolistas Ousmane Sountoura e Rafael Batatinha deixam o Santa Clara, com o primeiro a ser emprestado e o segundo a rescindir contrato, revelou hoje em comunicado o clube da I Liga de futebol.

Segundo a nota da formação açoriana, o jogador maliano Ousmane Sountoura vai ser emprestado "até ao final da temporada" ao Apollon Kalamarias, da segunda Liga Grega.

O médio de 23 anos tinha sido anunciado como reforço do Santa Clara em junho passado, tendo vindo do Anagennisi Karditsa, também da segunda divisão grega.

O treinador João Henriques também não conta com Rafael Batatinha, com o extremo brasileiro de 28 anos a rescindir de mútuo acordo.

Batatinha chegou ao Santa Clara na época 2014/2015, mas nas épocas seguintes esteve no Desportivo de Chaves e no Gil Vicente, aqui por empréstimo dos flavienses.

O brasileiro regressou a época passada aos Açores, quando a equipa ainda estava na II Liga de futebol, mas esta época só foi alinhou em jogos da pré-época, não tendo entrado em campo nos jogos da competição da I Liga.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.