PSI20 sobe 0,76% em dia de ganhos sólidos na Europa

A bolsa de Lisboa encerrou hoje em alta, com o índice PSI20 a subir 0,76% para 5.068,02 pontos, num dia em que as principais bolsas europeias registaram ganhos mais expressivos.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, só uma ficou em terreno negativo, o BCP, que caiu 0,41% para 0,24 euros.

A Altri liderou as subidas e avançou 2,97% para 6,93 euros, seguida pela Mota-Engil, que somou 2,67% para 1,77 euros, e pela Ibersol, que ganhou 2,62% para 8,62 euros.

A Ramada Investimentos registou uma valorização de 1,87% para 8,15 euros, a Semapa somou 1,75% para 15,12 euros, a Jerónimo Martins avançou 1,72% para 12,10 euros e a Corticeira Amorim subiu 1,26% para 9,67 euros.

Com ganhos abaixo de 1% terminaram a Pharol (0,18 euros), a Galp (14,36 euros), a NOS (5,49 euros), os CTT (3,06 euros), a Navigator (4,15 euros), a Sonae SGPS (0,89 euros), a EDP (3,08 euros), a REN (2,55 euros), a Sonae Capital (0,87 euros) e a EDP Renováveis (7,95 euros).

No resto da Europa, Frankfurt ganhou 2,63%, Londres 1,95%, Madrid 1,80% e Paris somou 1,70%, com os mercados animados pela perspetiva de um entendimento entre China e Estados Unidos a nível comercial.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.