Província da Lunda Sul tem o governador mais jovem de sempre em Angola

A província angolana da Lunda Sul é liderada pelo mais jovem governador de sempre em Angola, após Daniel Félix Neto, 39 anos, ter sido nomeado hoje para o cargo pelo Presidente João Lourenço.

Daniel Neto, que até hoje desempenhava as funções de administrador municipal de Saurimo, nomeado em dezembro de 2017, assume os destinos da província que se debate com problemas de energia elétrica e falta de emprego, escreve a agência noticiosa angolana Angop.

O novo governador nasceu a 11 de junho de 1979, no município do Cacolo (Lunda Sul), e exerceu, entre várias funções, as de primeiro secretário municipal da JMPLA, de 2014 até maio de 2018, e de primeiro secretário do comité municipal do MPLA em Saurimo.

O ciclo de governação desta parcela do território angolano iniciou-se com Celestino Figueiredo Chinhama "Faísca", que governou de 1978 a 1981 na qualidade de comissário político.

Seguiram-se José César Augusto "Kiluange" (1981-1983), Luís Doukui Paulo de Castro (1983-1986), Rafael Sapilinha Sambalanga (1986-1988), Graciano Mande (1988-1991), José Manuel Salukombo (1991-1992), Gonçalves Manuel Muandumba (1992-1998).

Fazem ainda parte da lista de governadores provinciais Francisco Sozinho Chiuissa (1999-2003), Marcial Miji Satambi Kalumbi Itengo (2003-2008), Cândida Maria Guilherme Narciso (2008-2016) e Ernesto Fernando Kiteculo, nomeado em setembro de 2017.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?

Premium

arménios na síria

Tempo de fugir de casa para regressar à terra

Em 1915, no Império Otomano, tiveram início os acontecimentos que ficariam conhecidos como o genocídio arménio. Ainda hoje as duas nações continuam de costas voltadas, em grande parte porque a Turquia não reconhece que tenha havido uma matança sistemática. Muitas famílias procuraram então refúgio na Síria. Agora, devido à guerra civil que começou em 2011, os netos daqueles que fugiram voltam a deixar tudo para trás.