Proposta da Occidental sobre a Anadarko marca entrada no gás natural - consultora

Houston, Estados Unidos da América, 24 abr 2019 (Lusa) - A consultora Wood Mackenzie considerou hoje que a proposta feita pela Occidental Petroleum sobre a Anadarko marca a entrada desta petrolífera na exploração ultraprofunda no Golfo do México e no gás natural liquefeito (LNG).

"O acordo mostra que a diversidade ainda é valorizada pelas companhias independentes norte-americanas, e marcaria a entrada da Occidental no mercado do gás natural liquefeito e no Golfo do México", disse a analista Zoe Sutherland, da consultora especializada em energia, numa nota aos clientes, a que a Lusa teve acesso.

A Occidental Petroleum anunciou hoje uma oferta superior à da Chevron para adquirir a petrolífera Anadarko, que está a liderar um dos maiores investimentos de gás natural em Moçambique.

"As elevadas capacidades de recuperação de petróleo da Occidental podem trazer valor face ao conjunto alargado de possibilidades" que a Anadarko tem em vários pontos do globo, como em Moçambique, onde lidera o consórcio de exploração de gás natural.

Além disto, concluiu a analista na nota enviada aos clientes, a empresa "tem um histórico de operar em áreas de alto risco político", por isso "é menos provável que desinvista no Gana e na Argélia, onde a Anadarko tem projetos".

A oferta da Ocidental surge menos de duas semanas depois de a Chevron, uma das maiores petrolíferas do mundo, ter anunciado no dia 12 de abril que chegou a acordo para comprar a Anadarko por cerca de 33 mil milhões de dólares (30 mil milhões de euros).

Segundo as contas da agência financeira Bloomberg, a proposta da Oxy ascende a 38 mil milhões de dólares (34 mil milhões de euros).

No entanto, a Bloomberg nota que a Occidental tem uma estrutura financeira mais reduzida que a Chevron, pelo que "não é imediatamente óbvio como financiaria a gigantesca unidade de gás natural liquefeito da Anadarko que está a ser desenvolvida em Moçambique".

A empresa pensa de outra maneira ao fazer a proposta.

"A Occidental acredita que a sua proposta é superior financeira e estrategicamente para os acionistas da Anadarko, criando um líder global em energia com escala e diversificação geográfica para impulsionar o crescimento e entregar valor atraente e retorno aos acionistas de ambas as empresas", anunciou.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.

Premium

Maria do Rosário Pedreira

Os deuses das moscas

Com a idade, tendemos a olhar para o passado em jeito de balanço; mas, curiosamente, arrependemo-nos sobretudo do que não fizemos nem vamos já a tempo de fazer. Cá em casa, tentamos, mesmo assim, combater o vazio mostrando um ao outro o que foi a nossa vida antes de estarmos juntos e revisitando os lugares que nos marcaram. Já fomos, por exemplo, a Macieira de Cambra em busca de uma rapariga com quem o Manel dançara um Verão inteiro (e encontrámo-la, mas era tudo menos uma rapariga); e, mais recentemente, por causa de um casamento no Gerês, fizemos um desvio para eu ir ver o hotel das termas onde ele passava férias com os avós quando era adolescente. Ainda hoje o Manel me fala com saudade daqueles julhos pachorrentos, entre passeios ao rio Homem e jogos de cartas numa varanda larga onde as senhoras inventavam napperons e mexericos, enquanto os maridos, de barrigas fartas de tripas e francesinhas no ano inteiro, tratavam dos intestinos com as águas milagrosas de Caldelas. Nas redondezas, havia, ao que parece, uma imensidão de campos; e, por causa das vacas que ali pastavam, os hóspedes não conseguiam dar descanso aos mata-moscas, ameaçados pelas ferradelas das danadas que, não bastando zumbirem irritantemente, ainda tinham o hábito de pousar onde se sabe.