Presidente da Venezuela viaja para a China à procura de novos acordos económicos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, viajou hoje para a China numa visita de Estado e anunciou que este encontro vai melhorar a relação entre os dois países e permitir avançar com novos acordos económicos, comerciais, energéticos e financeiros.

"Estou de partida para a República Popular da China, para uma visita de Estado muito necessária, muito oportuna e cheia de grandes expectativas, muito positiva para a Venezuela, para melhorar a relação" entre os dois países, disse Nicolás Maduro, a uma cadeia de rádio e televisão.

Apesar de não ter especificado quantos dias permanecerá naquele país asiático, o chefe de Estado venezuelano comentou que a viagem vai servir para "avançar nos novos acordos de cooperação estratégica no campo económico, comercial, energético, financeiro, tecnológico e comunicacional".

Nicolás Maduro assegurou ainda que a Venezuela e a China mantêm "extraordinárias relações políticas, culturais e diplomáticas", que se "aprofundarão".

"Hoje, estamos em condições melhores, foi ativado o programa de recuperação económica, crescimento e prosperidade", disse, referindo-se ao pacote de medidas económicas que o seu governo lançou há pouco mais de três semanas e que inclui aumentos salariais, controlo dos preços dos alimentos e aumento de impostos.

"Vou e venho, vou com grandes expectativas e vemo-nos dentro de alguns dias com grandes ganhos", garantiu o Presidente da Venezuela.

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...