PR realça importância de investimentos conjuntos de empresas portuguesas e espanholas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realçou hoje em Guadalajara, nos arredores de Madrid, a importância do investimento conjunto de empresas portuguesas e espanholas para o futuro dos dois países.

"Estamos juntos porque apostamos no futuro", disse Marcelo Rebelo de Sousa, na cerimónia de inauguração do centro de operações logísticas da empresa Luís Simões, que fez um investimento de 85 milhões de euros em conjunto com a espanhola Montepino.

O chefe de Estado insistiu que "Portugal e Espanha juntos são mais, vão mais longe e estão a apostar no futuro".

Marcelo Rebelo de Sousa realçou o "investimento monumental" que a empresa portuguesa fez "no mais moderno que fica a haver na Península Ibérica em termos de logística com automação".

A plataforma logística inaugurada esta tarde tem uma área total de 89.000 m2 e está localizada no polígono de Puerta Centro, Guadalajara, uma localização central no mapa da Península Ibérica.

O projeto "chave na mão" que a Montepino construiu para a Luís Simões envolveu um investimento conjunto de 85 milhões de euros, dos quais mais de 30 milhões de euros feito pela empresa portuguesa, e empregará mais de 450 pessoas.

"Estamos a garantir no presente a nossa sustentabilidade no futuro", disse aos jornalistas portugueses presentes, José Luís Simões, presidente do conselho de administração da empresa portuguesa.

A Luís Simões é um operador logístico de referência, líder no mercado de fluxos rodoviários na Península Ibérica, que gere uma frota de 2.100 viaturas e conta com cerca de 2.500 colaboradores, segundo dados fornecidos pela empresa que iniciou atividade em Loures, em 1948, e está no mercado espanhol há mais de 30 anos.

Da parte da manhã, Marcelo Rebelo de Sousa tinha discursado como convidado de honra na cerimónia de entrega do Prémio Mundial Paz e Liberdade ao rei de Espanha, Felipe VI, no congresso da Associação Mundial de Juristas, que teve lugar em Madrid.

Ler mais

Exclusivos