Polícia brasileira apreendeu 700 quilogramas de explosivos em Fortaleza

A polícia apreendeu hoje cerca de 700 quilogramas de explosivos que estavam num apartamento em Fortaleza, no nordeste do Brasil, com as autoridades a referirem que o material seria usado para continuar com a onda de vandalismo na região.

Pelo menos 44 municípios do estado do Ceará têm sido alvo, nos últimos 16 dias, de uma série de atos de vandalismo contra os edifícios públicos, veículos e estabelecimentos comerciais.

De acordo com as autoridades brasileiras, os explosivos encontrados, que estavam guardados em 23 caixas no interior de um apartamento vazio na cidade de Fortaleza, estado do Ceará, seriam utilizados pelos criminosos para realizar novos ataques a pontes, viadutos e torres de telecomunicações.

Os investigadores suspeitam que o material apreendido é parte de uma carga de cinco toneladas de explosivos que foram furtados no final de dezembro, antes de serem entregues a uma pedreira na zona.

De acordo com as investigações, os atos de vandalismo são organizados por fações criminosas que operam do interior das prisões em retaliação ao anúncio de medidas que visam intensificar os controlos nas prisões da região.

Já foram detidas pelas autoridades 375 pessoas acusadas de participar nos atos de vandalismo.

Ler mais

Exclusivos