PJ/Porto detém suspeito de pedofilia com antecedentes criminais de abuso sexual

Um homem de 44 anos com antecedentes criminais de abuso sexual a menores ficou em prisão preventiva por suspeita de novos crimes sexuais com menores de 14 anos, recorrendo a redes sociais na Internet, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

Em comunicado da imprensa, a Polícia Judiciária explicou que o suspeito contactava com meninas menores, todas com idades inferiores a 14 anos, através das redes sociais, enviava-lhes e pedia-lhes fotografias e vídeos pornográficos e depois aliciava as menores para "encontros com vista à prática de atos sexuais".

"Os factos criminosos eram praticados numa primeira fase com recurso à Internet e redes sociais, a partir dos domicílios do suspeito, em Rio Tinto e em Matosinhos, usando para o efeito perfis falsos e ocultando a sua verdadeira idade, efetuando posteriormente contactos pessoais com as vítimas", refere o comunicado.

Fonte da Diretoria do Norte da Polícia Judiciária disse à Lusa que o suspeito detido era angariador de clientes para operadoras de telecomunicações e depois de ter sido "presente a tribunal na passada terça-feira ficou em prisão preventiva".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Isabel Moreira ou Churchill

Numa das muitas histórias que lhe são atribuídas, sem serem necessariamente verdadeiras, em resposta a um jovem deputado que, apontando para a bancada dos Trabalhistas, perguntou se era ali que se sentavam os seus inimigos, Churchill teria dito que não: "Ali sentam-se os nossos adversários, os nossos inimigos sentam-se aqui (do mesmo lado)." Verdadeira ou não, a história tem uma piada e duas lições. Depois de ler o que publicou no Expresso na semana passada, é evidente que a deputada Isabel Moreira não se teria rido de uma, nem percebido as outras duas.